Imagine Belieber: Fevereiro 2013

domingo, 10 de fevereiro de 2013

It’s Hard Not To Love – Capítulo 8 "Festa"


    
"Contanto que você me ame
Nós poderíamos estar passando fome
Nós poderíamos estar desabrigados
Nós poderíamos estar sem dinheiro
Contanto que você me ame
Serei sua platina
Serei sua prata
Serei seu ouro" - Justin Bieber - As Long As You Love Me

- O que foi? – Eu perguntei.
- Bom,eu sei que você não está acostumada com paparazzi,até porque eles não te seguem para qualquer lugar aonde você vai. – Ele disse e riu.
- Mais o que tem isso? – Eu perguntei confusa.
- Como você vai está comigo,eles vão tirar fotos e mais fotos,eles vão criar rumores e você vai ter se acostumar um pouco com isso,se eles perguntarem algo,não responda,quando estivermos lá fora eles irão perguntar coisas sem sentidos do tipo se você é minha nova namorada ou coisa do tipo,eles geralmente te xingam ou xingam a sua família para você se alterar e eles terem alguma fofoca sobre você,por isso se comporta normalmente e não ligue para o que vão dizer ok? – Ele disse sério.
- Ok. – Eu disse nervosa.
-Pronta? – Ele perguntou quando já estávamos na frente da porta de entrada.
- Sim. – Eu disse e os seguranças abriram a porta.

Foi então que veio vários flashes em nossa direção,Justin segurou na minha mão e foi me guiando,eu estava quase sem conseguir enxergar nada,coloquei minha mãos sobre meus olhos pra amenizar a claridade,eu escutava coisas do tipo “Oh my god,você é a nova namorada do Bieber?” “Bieber você terminou com Selena Gomez?” ,agora eu realmente entendo o motivos da celebridades se estressarem com paparazzi.
Chegamos no carro e me senti super aliviada,sem flashes,sem paparazzis irritantes,e o melhor,ao lado do Justin,pra falar a verdade,eu só achava ele mais um desses metidinhos criados pela mídia,mais ele me parece ser uma pessoa legal.

- Ta bem? – Ele me perguntou.
- Melhor agora sem nenhum flash. – Eu disse.
- Ah. – Ele disse rindo. – Essa é a parte menos irritante,mais tudo bem.
- Pra onde vamos? – Eu perguntei curiosa.
- Aonde quer ir? – Ele perguntou.
- Eu não sei,só quero ir para um lugar mais agitado. – Eu disse. – Mais eu não posso ir com essa roupa.
- Então vamos passar na sua casa. – Ele disse. – Você só me fala o endereço.
- Meu Deus,eu quase ia me esquecendo. – Eu disse quase desesperada.
- Do que? – Ele perguntou.
- Eu to morando na casa da minha amiga e eu vim com ela,ela deve ta louca me procurando,vou mandar uma mensagem avisando pra ela. – Eu disse pegando meu iPhone e mandando uma mensagem pra Becca.

“Amiga,eu sai da festa ok?Não se preocupa comigo,pode ir embora sem mim quando quiser ir pra casa,não sei que horas eu volto.” – Mandei e logo ela respondeu.
“Ta com quem?” – Ela respondeu.

- Eu falo que estou com você? – Eu perguntei.
- Fala. – Ele disse.

“To com o Justin.” – Mandei.
“Hmmmmm,vou nem falar nada.” – Ela respondeu.
“Para ta?Mais enfim,não se preocupa comigo.” – Eu mandei.
“Ok.” – Ela respondeu.

Expliquei meu endereço para Justin e percebemos que ficava muito longe de onde estávamos,então demoraria um pouco,ficamos conversando bastante no caminho,Justin era um cara legal,ele contava umas piadas horríveis que acabavam sendo muito engraçadas.

- Então,porque está morando com sua amiga? – Ele perguntou puxando assunto depois que já estávamos em silencio.
- Eu morava com meu namorado,mais digamos que ele não era o melhor namorado do mundo,então eu tive um grande problema pra conseguir ir embora,mais graças a Becca eu to bem hoje. – Ela sorriu sem graça.
- Como assim grandes problemas? – Ele perguntou e eu fiquei um pouco calada. – Desculpe,eu acho que estou me metendo demais.
- Não se culpe. – Eu disse meio sem graça. – É que eu não acho que seja uma boa história para se contar a alguém,é meio chocante demais.
- Como assim? – Ele perguntou.
- Quer mesmo saber? – Eu perguntei.
- Se você quiser contar tudo bem... – Ele disse.
- Ok. – Eu disse. – Bom,eu não diria que seja aquela história de eles não se amavam mais e se separaram e ela sofreu,não foi nada disso,foi bem pior.
- Pior? – Ele disse assustado.
- Muito,e você não sabe o quanto,eu namorada Will,esse era o nome do meu namorado,no começo  ele era como qualquer namorado sabe? Fazia de tudo para me fazer feliz,mais com o tempo ele foi mudando,ele ficou frio e arrogante,completamente impossível não brigar com ele pelo menos uma vez por dia,mais ai as coisas ficaram piores e mais piores do que do que eu podia imaginar,o Will começou a me bater,começou a beber o que fazia ele ficar mais agressivo e toda vez que eu tentava ir embora ele me batia,mais no dia que a gente se encontrou no shopping,quando eu cheguei em casa,ele estava com uma vagabunda no quarto,ele estava me traindo e eu fiquei tão frágil,tão quebrada por dentro que peguei minha mala e joguei tudo dentro dela. – Eu já dizia com lagrimas escorrendo pelo cantos dos meus olhos. – E depois a vagabunda foi embora e o Will me bateu falando que eu não ia deixar ele,então eu chutei ele e sai correndo com as minhas malas,mais ai ele me jogou da escada e eu fiquei um pouco tonta,quando ele ia me bater de novo a Becca chegou com um amigo dela que bateu no Will,foi só por isso que eu estou aqui,eu vi Will todo machucado e me deu uma vontade de ficar e cuidar dele,mais eu não ia cometer o mesmo erro,mais agora eu já esqueci ele e vou viver minha vida e encontrar alguém melhor pra mim.
- Eu...to sem palavras. – Disse o Justin chocado,foi então que percebi que estávamos parados na frente da casa da Becca e que minha maquiagem já estava meio borrada.
- Eu vou me arrumar,não demoro muito,prometo. – Eu disse e sorri,ele fez o mesmo e então eu sai do carro e entrei em casa e corri para me arrumar o mais rápido possível.

P.O.V Justin

Eu estava completamente chocado,eu realmente não tenho palavra alguma para explicar como eu estou me sentindo em relação a isso,ela é tão...linda,não merecia ter sofrido por tanto tempo,eu estou começando a ter um ódio crescendo dentro de mim em relação a esse Will,acho melhor eu até parar de pensar nesse imbecil.
Depois de mais uns 10 minutos vejo Babi trancando a porta e vindo em direção ao carro,ela estava completamente perfeita,acho que não tenho palavras suficientes para descrever a beleza dela,ela estava assim(clica aqui),o vestido era um pouco curto e fazia com que suas belas pernas ficassem amostra,então ela abriu a porta do carro,foi ai que desviei os olhos de seu corpo que apresentava varias curvas.

- Demorei muito? – Ela perguntou e sorriu meio sem graça.
- Não. – Eu disse rindo.
- Ainda bem. – Ela disse. – Mais então,aonde a gente vai.
- Me chamaram para ir para uma festa hoje,mais eu acabei não indo porque eu prometi que eu iria no casamento,mais ainda são... – Eu disse e olhei no meu relógio que marcava 23hrs. – 23hrs,a festa começou agora,eu ia levar a Selena,mais eu to querendo ela bem longe,então sobra um convite ainda e ai você usa o dela,tudo bem?
- Mais Jus o convite é dela e não meu. – Ela disse e eu sorri.
- Jus? – Eu perguntei com um sorriso no rosto.
- Er...esquece que eu disse isso,er,Justin. – Ela disse atrapalhada,suas bochechas começaram a corar e eu ri fraco.
- Não precisa ficar com vergonha,pode me chamar de Jus. – Eu disse e ela sorriu. – E não se preocupe com o convite,Selena não vai se importar,e se ela se importar ela não vai poder falar nada porque ela mesma disse que não queria ir.
- Então tudo bem. – Ela disse e então segui caminho para o local da festa.

Ficamos conversando durante o caminho,cada vez mais eu gostava de estar com ela,ela me fazia me sentir uma pessoa normal de novo,ela me trata como uma pessoa normal e não como Justin Bieber e é isso que eu gosto nela,o jeito como ela me trata,gostaria de conhecer mais pessoas como ela.
Depois de alguns minutos chegamos na boate aonde seria a festa que era do Chris,então fui em direção ao estacionamento e estacionei o carro,então comecei a procurar os convites,mais digamos que eu não estava tendo muito sucesso.

- Meu Deus Justin!Você não limpa esse carro não? – Disse a Babi me ajudando a procurar os convites e percebendo que o carro estava todo sujo com pacotes de doritos,embalagens de Starbucks,embalagens de chocolates e mais coisas que eu como e só jogo em qualquer canto.
- Vou fazer isso urgentemente. – Eu disse rindo até que finalmente encontro os convites. – ACHEI!
- Aleluia! – Ela disse aliviada.
- Vamos? – Eu perguntei.
- Vamos. – Ela disse sorrindo.

Saímos do carro e andamos até a entrada da boate,o segurança pediu nossos convites e então nós entregamos e entramos na boate.A música ficava cada vez mais alta,todos dançavam,outros bebiam e tentavam pegar alguma garota daquele lugar,ali devia ter umas mil pessoas,o lugar era enorme,era uma boate nova que tinham acabado de inaugurarem,até então,nunca havia percebido como aquele lugar era enorme.

- E ai Bieber! – Disse alguém atrás de mim na qual eu conheci a voz na mesma hora.
- E ai cara! – Eu disse e eu e Chris fizemos um toque estranho.
- E quem é essa gata? – Disse o Chris já querendo dá em cima da Babi.
- Ah! Essa é a Barbara. – Eu disse apresentando a Babi para o Chris.
- Mais pode me chamar só de Babi,prazer. – Ela disse e sorriu.
- O meu nome é Christian,mais pode me chamar só de Chris e o prazer é completamente meu. – Ele disse e sorriu.
- Ih,vai acalmando o fogo ai heim Chris. – Eu disse.
- Eita,que fogo Justin? – Ele disse se fazendo de desentendido.
- Você sabe muito bem. – Eu disse e o fuzilei com os olhos.
- Ta ta,entendi. – Ele disse se rendendo. – Mais se divirtam.
- Pode ter certeza que sim. – Eu disse e ele saiu,foi então que começou a tocar Feel So Close.
- Vem,vamos dançar. – Disse a Babi me puxando pro meio da boate aonde tinha varias pessoas dançando.

Admito,eu estava começando a ficar louco,ela dançava de um jeito tão...tão sexy,que estava bem impossível de me segurar,ela mexia seu corpo que estava colado ao meu me fazendo ficar um pouco excitado,até que começou a tocar uma outra música um pouco mais lenta,mais mesmo assim ainda não tinha perdido seu ritmo.

- Vamos beber alguma coisa? – Eu perguntei falando em seu ouvido pois a música estava muito alta.
- Vamos. – Ela disse eu a puxei até o bar,sentamos nas cadeiras que ficavam de frente para o balcão e foi então que chegou o barman.
- E então,o que vão querer? – O barman perguntou.
- Um whisky sour e uma...? – Eu disse e olhei para a Babi.
- Marguerita. – Ela disse e sorriu.
- Ok. – Disse o barman e saiu.
- E então...ta gostando da festa? – Eu perguntei.
- Muito,faz tempo que não me divirto assim. – Ela disse sorrindo.
- Isso é bom. – Eu disse sorrindo.
- Demais,mais então,tem um problema. – Ela disse.
- Qual? – Eu perguntei confuso.
- Se esqueceu que tiraram fotos da gente? E a Selena o que vai achar? Agora minha listas de pessoas que desejam a minha morte vai aumentar... – Ela disse meio preocupada.
- Ei ei. – Eu disse a interrompendo. – Não vamos nos preocupar com isso ok? Estamos aqui para se divertir.
- Ta bom. – Ela disse e foi então que nossos drinks chegaram.

Ficamos ali conversando por um bom tempo,Barbara era bem engraçada,ainda mais ao efeito do álcool,ela não estava nem ai se iria ficar bêbada ou não,ela só estava querendo se divertir,toda vez que terminava de tomar seu drink,sempre pedia outro.

- Hm...Acho que eu quero mesmo é uma tequila. – Ela disse meio pensativa.
- Nessa eu te acompanho. – E então chamei o barman mais uma vez. – Me vê duas tequilas.
- Você não acha que eu to bebendo de mais não né? – Ela me perguntou,mais ela ainda nem estava bêbada.
- Não,nem bêbada você está. – Eu disse e então o barman nos entregou nossas tequilas.
- Sabe o que me passou pela cabeça? – Ela disse me olhando.
- O que? – Eu perguntei.
- Que tal uma aposta? – Ela disse e ergueu uma das sobrancelhas.
 - Que tipo de aposta? – Eu disse já me animando.
- Quem bebe mais rápido. – Ela disse com um sorriso no rosto.
- Se for assim,vamos aumentar as coisas. – Eu disse sorrindo.
- Feito. – Ela disse.
- Me vê mais quatro tequilas. – Eu disse para o barman.
- Quatro? – Ela me perguntou confusa.
- Você vai ver. – Eu disse e então o barman trouxe as tequilas,então entreguei duas para a Babi. – Agora está justo.
- Ok né. – Ela disse rindo.
- Mais o que vai valer essa aposta? – Eu perguntei.
- Se eu ganhar você faz o que eu quiser por dois meses e se eu perder,o que não vai ser possível,eu faço o que você quiser por dois meses,isso é justo. – Ela disse.
- O que eu quiser é? – Eu disse mordendo meus lábios com um olhar malicioso.
- Justin seu ridículo! – Ela disse rindo e me dando um tapa no braço.
- Ta bom,parei. – Eu disse rindo.
- No três. – Ela disse e se virou para o balcão,eu fiz o mesmo.
- Um. – Eu disse.
- Dois. – Ela disse.
- Três. – Dizemos em coro.

Virei o primeiro,o segundo e o terceiro logo em seguida o mais rápido possível,olhei para o lado e a Babi tinha acabado de virar o terceiro,então isso quer dizer que eu ganhei.

- Há! Ganhei,o que você tinha dito mesmo? Que não ia ser possível você perder. – Eu disse animado. – Mais você perdeu,há,agora vai ter que fazer o que eu quiser por dois meses.
- Calado. – Ela disse desapontada por ter perdido.
- Sabe perder não? – Eu disse me gabando.
- Já chega ta? – Ela disse com raiva. – Vamos dançar vai.
- Mais essa música é lenta e só tem casal na pista. – Eu disse.
- E daí? – Ela disse. – Vem logo Jus.
- Ta ta. – Eu disse e a segui.

P.O.V Barbara.

Estava tocando How You Remind Me da Avril,eu amo essa música,puxei logo Justin pra pista,eu estava cansada de só ficar ali bebendo.Coloquei meus braços no pescoço de Justin e ele me puxou mais para perto dele enquanto seus braços ficavam ao redor da minha cintura.
Estávamos olhando um no olho do outro,nossos rostos estavam pertos e a cada vez mais ficavam perto,nossos olhos foram se fechando e nossos lábios se selaram...

Continua...
            
Oi gente,me desculpem não ter postado,eu tinha certeza que ia postar ontem,mais ai eu fiquei bem ocupada e só deu para postar agora,por isso escrevi esse capítulo enorme,eu espero que gostem do capítulo,e se você leu,por favor comente,isso me incentiva bastante.Beijos,até o próximo capitulo (:
Eu criei um novo twitter,então me sigam e conversem comigo lá u-u -> @esposadojus

Continua com 3 comentários...

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

It’s Hard Not To Love – Capítulo 7 "Escândalo"


    

"Deixe me te amar
Deixe me te amar
Sua linda
E em seguida,mostrar seu homem
Você pode fazer melhor deixando ele ir
Porque eu nunca vi
Uma garota como você antes." - Justin Bieber - Party All Night.

- Vem,vamos nos sentar ali. – Disse a Becca e me puxou até uma mesa e lá nós sentamos.
- Aqui é tudo tão lindo. – Eu disse.
- É,se um dia eu for me casar,será mais bonito que isso. – Ela disse sonhando.
- Casar? – Eu disse rindo. – Quando isso acontecer,eu posso dizer que foi um milagre de Deus.
- Ah,cala a boca. – Ela disse rindo.
- Mais é a verdade. – Eu disse e ela riu,depois olhou para alguém e se levantou.
- Amiga vou ali que a Claire ta me chamando,já volto. – Ela disse.
- Ok né. – Eu disse e ela saiu,pronto,agora vou ficar aqui sozinha,peguei meu celular,entrei no twitter e fiquei twittando algumas coisas,até alguém aparecer na minha mesa.
- Oi,posso? – Disse alguém se referindo a sentar na mesa,então eu tirei meu olhos do celular e olhei quem era,era o...

JUSTIN BIEBER!

- Olha,é o garoto das fãs loucas. – Eu disse e ele riu. – Claro que pode se sentar.
- Minhas fãs não são loucas. – Ele disse rindo e se sentou.
- Claro,recebi 4 ameaças de morte sabia? E só por causa de uma foto já acharam que eu era sua amante. – Eu disse rindo.
- Ta bom,algumas são loucas,mais nem todas. – Ele disse.
- Claro...nem todas. – Eu disse para mim mesma.
- Então...veio sozinha? – Ele perguntou puxando assunto.
- Não,eu vim com uma amiga,mais ela me abandonou,mais eu nem fui convidada,a Becca insistiu tanto que eu acabei vindo. – Eu disse.
- Fico feliz que ela tenha insistido. – Ele disse e sorriu,corei um pouco mais sorri.
- Bom,eu só sei de uma coisa. – Eu disse.
- O que? – Ele perguntou.
- A sua namorada,a Selena,não gostou nada de ver você falando com a garota que você chamou de linda. – Eu disse.
- Mais... – Ele ia dizendo mais foi interrompido pela sua querida namorada.
- Justin o que você está fazendo com essazinha ai? – Ela disse deixando sua raiva transparecer em sua voz.
- Desculpe,mais eu tenho nome ta? Me chamo Barbara. – Eu disse e sorri sínica.
- Eu estou pouco me lixando pra você ou pro seu nome garota. – Ela disse com raiva.
- Escuta aqui! – Eu disse me alterando. – Só porque você é famosinha,não quer dizer que é superior a alguém ao ponto de tratar os outros mal só por causa desse ciúmes.
- Quem disse que é ciúmes?! – Ela disse com raiva.
- Ah e não é? Então pra que o motivo da raiva se seu namorado só está falando com uma garota? Ah é,eu sou a “amante” dele como tem gente falando,vai querer me matar também? Porque de ameaça de morte já estou cheia,mais se bem,que acho que você não tem muita capacidade pra isso não é querida? – Eu disse e ri com deboche,vi Justin esconder uma risada,mais não deu muito certo.
- JUSTIN DO QUE VOCÊ ESTÁ RINDO HEIM? – Ela gritou e todos da festa direcionaram o olhar para nós,mais que vergonha.
- Selena para de fazer escândalo. – Ele disse percebendo que a festa tinha parado e todos estavam olhando para nós.
- EU NÃO ESTOU FAZENDO ESCÂNDALO,EU SÓ QUERO ESSA VAGABUNDA LONGE DE VOCÊ! – Ela gritou com raiva.
- Vagabunda é? – Eu disse e me levantei.
- SIM E QUERO VOCÊ LONGE DO MEU NAMORADO! – Ela gritou,foi então que passou um garçom segurando uma bandeja com champanhe,peguei uma das taças e despejei todo o champanhe em seu cabelo e em seu vestido.
- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! – Ela gritou fresca. – SUA LOUCA,OLHA O QUE FEZ COM O MEU CABELO E COM O MEU VESTIDO!
- Se bem que não mudou muita coisa,você estava horrível e continuou horrível,então não se preocupe. – Eu disse e sorri sínica.
- Vadia,o que é seu ta guardado! – Ela disse e saiu,me sentei de novo na mesa e o Justin começou a rir.
- Do que está rindo? – Eu perguntei confusa.
- Da Selena,nunca vi ela tão irritada,chega a ser engraçado. – Ele disse ainda rindo.
- Por mim,podia ficar com a maior raiva,mais eu não ia deixar passar. – Eu disse com um pouco de raiva. – Mais então,o que faz Justin Bieber,famoso e com milhões de fãs loucas querer sentar na mesa de uma garota feia,sem graça e que agora tem haters por causa das suas fãs?
-Ei!Você não é feia,você é linda. – Ele protestou e eu ri.
- Claro,linda. – Eu disse com sarcasmo.
- Não acredita em mim? – Ele perguntou.
- Não sei. – Eu disse e sorri.
- E você não é sem graça,mais o que eu não entendi é o porque dos haters. – Ele disse.
- Tudo isso por causa daquela foto. – Eu disse.
- Aaah... – Ele disse sem graça. – Se eu soubesse eu não postaria aquela foto nunca.
- Mais rapidinho eu me acostumo,já vou ganhar mais haters por causa da princesinha da Disney ai. – Eu disse me referindo a Selena que estava um pouco longe de nós gritando com uma mulher. – Ela sempre é assim?
- A Selena? – Ele disse e riu. – Antes ela não era assim,ela era uma pessoa legal,carinhosa,fofa e tudo mais,mais existe uma coisa chamada fama,e tudo mudou quando a Selena só queria saber dela,ela ficou arrogante,grossa e insuportável.
- Nossa. – Eu disse espantada. – Se ela é assim,então porque insiste em ainda namorar ela?
- Scooter disse que é bom para a minha imagem,assim a mídia se preocupa mais com o relacionamento do “casal feliz”,sendo que nunca foi assim. – Ele disse meio triste.
- Não se sinta assim,logo isso passa,tenho certeza que isso não vai ser pra sempre. – Eu disse e sorri,automaticamente ele sorriu. – Gosto de ver você sorrindo,fica bem melhor assim sabia?
- É porque tem uma garota incrível bem a minha frente que me faz sorrir de qualquer maneira. – Ele disse olhando nos meus olhos,senti minhas bochechas corarem,droga,porque ele tem que ser assim tão...perfeito?
- Eu...eu não sou incrível. – Eu disse desviando o olhar.
- Claro que é,por incrível que pareça eu estou contando tudo isso pra você porque sei lá,você parece me fazer bem. – Ele disse.
- Que bom né? – Eu disse meio envergonhada e sorri.
- Muito. – Ele disse,foi então que escutamos aquela tradicional música quando os noivos entram sabe? – Começou,nossa,nunca pensei que demoraria tanto.
- Pois é. – Ele concordou e nós nos levantamos.

Ficamos ali assistindo tudo,depois daquele monte de blah blah blah que o padre ficou falando,eles colocaram as alianças e se beijaram,aquilo foi lindo,eu gostaria de me casar sabe,entrar com um vestido enorme na igreja e percebe que a sua felicidade é tão grande que você não consegue parar de sorri por nem um segundo.

- Hey,no que está pensando. – Disse o Bieber me fazendo voltar a realidade.
- Sei lá,eu tava pensando que seria legal eu me casar sabe?Com a pessoa que eu realmente amo,mais acho que isso não vai acontecer,eu sou uma pessoa bem azarada e até hoje não encontrei alguém ideal pra mim. – Eu disse me sentando,pois todos já aviam sentado outra vez,então o Justin fez o mesmo.
- Vai ver a pessoa ideal está perto de você e você não percebe isso. – Ele disse.
- Como assim? – Eu perguntei muito confusa.
- Er...Nada. – Ele disse e riu sem graça.
- Hm... – Eu disse.

Ficamos ali conversando por um bom tempo,estavam todos na festa se divertindo,os noivos já haviam passado na nossa mesa para tirar uma foto com a gente,parabenizei eles e desejei felicidades sabe?Coisa normal a se dizer a quem acabou de casar.Depois de alguns minutos eu e Justin ficamos no completo silencio.

- Aqui ta meio chato não? – Eu perguntei.
- Demais. – Ele disse e ficou ali pensando.
- Justin você ta bem? – Eu perguntei e ele não respondeu. – Justin!
- Tive uma idéia,vem. – Ele disse,se levantou,pegou na minha mão e me puxou.
- Mas que Diabos de idéia é essa Justin? – Eu disse confusa enquanto o acompanhava.
- Vamos fazer algo mais divertido. – Ele disse. – Posso te chamar de Babi?
- Pode,é como me chamam. – Eu disse.
- Ah,ok. – Ele disse e continuou andando.
- Hey Bieber!Já vai embora assim tão cedo? – Chegou o noivo no qual eu nem sabia o nome.
- Pois é,mais a gente se ver por ai,felicidades. – Disse o Justin.
- Obrigado,até mais. – Disse o noivo e saiu,foi então que paramos um pouco perto da porta.
- O que foi? – Eu perguntei.
- Bom,eu sei que você não está acostumada com paparazzi,até porque eles não te seguem para qualquer lugar aonde você vai. – Ele disse e riu.
- Mais o que tem isso? – Eu perguntei confusa.
- Como você vai está comigo,eles vão tirar fotos e mais fotos,eles vão criar rumores e você vai ter se acostumar um pouco com isso,se eles perguntarem algo,não responda,quando estivermos lá fora eles irão perguntar coisas sem sentidos do tipo se você é minha nova namorada ou coisa do tipo,eles geralmente te xingam ou xingam a sua família para você se alterar e eles terem alguma fofoca sobre você,por isso se comporta normalmente e não ligue para o que vão dizer ok? – Ele disse sério.
- Ok. – Eu disse nervosa.
-Pronta? – Ele perguntou quando já estávamos na frente da porta de entrada.
- Sim. – Eu disse e os seguranças abriram a porta.

Continua...
                     
Oi minhas lindas,eu não vou explicar o porque de eu não ter postado porque eu expliquei no aviso.Mais e ai?O que acharam?O que acham que vai acontecer?Eu deixei vocês curiosas?Tomara que sim kk.

Continuo com 2 comentários...

AVISO!


    image

Então...Eu não postei esses dias né?Pois é.
Eu não postei porque minhas ferias já estão acabando poxa,e eu queria aproveitar um pouco sabe?
Minha aulas começam amanhã(quarta),mais ai minha mãe me deu a ótima noticia que eu só vou na quinta,mais 1 dia pra mim *O*
Mais eu resolvi voltar a postar só por causa de vocês que leem minha fic.
Eu ainda estou terminando de escrever,mais eu posto ainda hoje(é de certeza.),por isso não me abandonem.
Mais enfim,recado dado.
OMB vocês já ouviram Lolly? Estou morrida(sim,eu faço morrida,problem?) e ainda vai ter clip.É isso ai,é putaria que o povo quer,é de putaria que o povo gosta.Ai ai,não liguem,eu falo muito palavrão,então eu sou meio mal educada,masok.
Já dei o aviso,eu posto ainda hoje,então quando eu postar,comentem,porque os comentários é que me fazem feliz u-u

Visitas (: